TOP BLOG

TOP BLOG
Espiritismo Redivivo

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

HOMENAGEM AS CRIANÇAS

HOMENAGEM AS CRIANÇAS


Por muitos lugares andei, por muitas cidades passei, esperei ver prosperidade e progresso, mas vislumbrei apenas descrenças, tristezas e reversos. Um país com uma dimensão territorial gigantesca, localizado na área centro-oriental da América do Sul e dentro praticamente de toda zona intertropical. Abrange 92% dessa área e com seus 8.511.965 de km2 é o quinto país mais extenso do mundo. Não consigo entender como um país tão grande, rico em potencial, mas com uma população de miseráveis, velhos, doentes e crianças passando fome. Muito se fala no dia das crianças, mas pouquíssimas delas poderão comemorar este dia. Lembro-me da frase inesquecível de Olavo Bilac: “Criança não verás nenhum país como este ama com fé e orgulho a terra em que nasceste”. Como podem ter fé às crianças brasileiras em sua maioria, muitas delas perambulam pelas ruas da cidade, pedindo a um e a outrem dinheiro para saciar a fome. Quando não conseguem se inserem no caminho da perdição e se sujeitam a exploração sexual. Lugar de crianças é na escola, mas as escolas do Estado e Município não oferecem atrativos como uma boa alimentação, lazer, recreação e tratamento médico e dentário dignos.

Neurônios debilitados pela fome, percepção mental enfraquecida vão aprender o quê? Olavo Bilac planejava para as crianças brasileiras um país mais humano, onde os pequeninos tivessem escola e lazer e não ser mais um farrapo humano que encontramos nas ruas catando lixo e alimentos deteriorados para sobreviver. É triste, mas é verdade. Nas campanhas políticas ouvimos muitas promessas mirabolantes, mas não pensaram e nem planejaram retirar as crianças das ruas e colocá-las em abrigo para estudar, aprender um ofício e tornar-se um cidadão digno. “Um dia, ao passear pelo interior do país, deparei-me com um imenso canavial. Vi crianças cortando cana. Eram negrinhas, da cor da cana queimada. Crianças pelo trabalho, judiadas! Nas olarias, carvoarias, na roça, nas estradas a situação é degradante e debilitante. Bóias-frias, viciados em drogas, fazendo o papel de laranjas, flanelinha sempre presente existe uma criancinha. “Deixai vir a mim as criancinhas”, já dizia Jesus a dois mil anos atrás e elas continuam sofrendo nas mãos de pedófilos, traficantes, exploradores da boa fé e de pais sem educação para dar seus filhos. O Dia das Crianças no Brasil foi "inventado" por um político. O deputado federal Galdino do Valle Filho teve a idéia de criar um dia em homenagem às crianças na década de 1920.

Por incrível que pareça o dia foi inventado e não criado.
Mas somente em 1960, quando a Fábrica de Brinquedos Estrela fez uma promoção conjunta com a Johnson & Johnson para lançar a "Semana do Bebê Robusto" e aumentar suas vendas, é que a data passou a ser comemorada. A estratégia deu - certo, pois desde então o dia das Crianças é comemorado com muitos presentes! Logo depois, outras empresas decidiram criar a Semana da Criança, para aumentar as vendas. No ano seguinte, os fabricantes de brinquedos decidiram escolher um único dia para a promoção e fizeram ressurgir o antigo decreto. A partir daí, o dia 12 de outubro se tornou uma data importante para o setor de brinquedos. A Rede Globo criou o programa “Criança Esperança”, uma fatiazinha aqui outra acolá e a maioria dos seres pequeninos bebendo água e comendo farinha. Feliz daquela que ainda tem rapadura e carne seca para comer. Fazendo umas navegadas e incursões pela internet - colhemos esta pérola: “Alguns países comemoram o dia das Crianças em datas diferentes do Brasil.

Na Índia, por exemplo, a data é comemorada em 15 de novembro. Em Portugal e Moçambique, a comemoração acontece no dia 1º de junho. Em 5 de maio, é a vez das crianças da China e do Japão comemorar o Dia Universal da Criança. – Em muitos países comemoram o dia das Crianças em 20 de novembro, já que a ONU (Organização das Nações Unidas) reconhece esse dia como o dia Universal das Crianças, pois nessa data também é comemorada a aprovação da Declaração dos Direitos das Crianças. Entre outras coisas, esta Declaração estabelece que toda criança - deve ter proteção e cuidados especiais antes e depois do nascimento. De olho nas crianças senhores políticos. O portal da família. Org tem se destacado pela diversidade de conselhos e cuidados que devemos ter com nossas crianças. As crianças de hoje, principalmente as mais necessitadas não querem esmolas e sim vida digna como estabelece a Organização das Nações Unidas. Adote uma criança antes que um marginal o faça por você.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI-ALOMERCE E AOUVIR/CE

Nenhum comentário:

Antonio Paiva Rodrigues

Minha foto
Fortaleza, Ceará, Brazil
Este blog tem por finalidade divulgar o jornalismo pelo Brasil e no mundo. Bem como assuntos doutrinários e espirituais.