TOP BLOG

TOP BLOG
Espiritismo Redivivo

terça-feira, 23 de junho de 2009

ASSUNTOS ESPIRITUAIS

ASSUNTOS ESPIRITUAIS

Muitas pessoas pela sua materialidade obsessiva não acreditam em determinadas bens e dons dados por Deus a determinadas pessoas. As rezadeiras se revestem deste dom de Deus. Existe o “quebranto” já ouviram falar neste nome? Não! O “quebranto” e o “mau olhado” são choques de fluidos que se não identificam nem se harmonizam. Se entre os adultos há pessoas que se sentem mal ante o olhar de outras, é natural que as crianças sofram muito mais os efeitos de um olhar de poderosa influência magnética, consciente ou não. Na sua quase totalidade, os causadores desses incômodos às crianças ignoram por completo o mal que produzem. Vocês com certeza já ouviram algum falar: olha teu filho está com quebranto! É melhor chamar uma rezadora ou rezadeira. Normalmente são pessoas de idade que já praticam esta caridade há muito tempo.

O quebranto deixa a criança irritada, com sonolência, diarréia repentina, moleza no corpo ou chorando sem parar. Existem outras consequencias do famoso mal olhado ou quebranto. A rezadeira é convocada para o lar da criança e logo procura uma folha de pião roxo para começar a reza. Normalmente elas afirmam que três dias consecutivas são necessários para a cura. Começa a reza. Oração para cá e para lá e a criança começa a melhorar aos poucos o seu estado de saúde. Às vezes falam que o “quebranto” era tão grande que a folha de pião murchou com rapidez. A folha vai murchar com certeza, visto que foi tirada do local em que ela tinha vida e a conseqüência natural é murchar. Afolha é apenas um aparato e nada mais. O importante são as rezas e preces que combatem os fluidos negativos imantados no doente. As rezadeiras não cobram por seu trabalho, o que fortalece mais ainda a cura da criança. Vocês acreditam ou discordam?

Outro assunto que desperta atenção de muitas pessoas é o “pressentimento”, os senhores saberiam delinear qual o significado da palavra epigrafada. Pois é, o pressentimento um conselho íntimo e oculto de um Espírito que vos quer bem. Também está na intuição da escolha que se haja feito. É a voz do instinto. Antes de encarnar, tem o Espírito o conhecimento das fases principais de sua existência, isto é, do gênero das provas a que se submete. Tendo estas fases caráter assinalado, ele conversa, no seu foro íntimo, uma espécie, uma espécie de impressão de tais provas e esta impressão, que é a voz do instinto, fazendo-se ouvir quando lhe chega o momento de sofrê-las, se torna pressentimento. “O pressentimento é uma intuição vaga de coisas futuras. É um radiograma transmitido, ao presente, das regiões misteriosas do Porvir. O pressentimento é a vaga e confusa intuição do que vai acontecer. O pressentimento são recordações vagas e intuitivas do que o espírito aprendeu em seus momentos de libertação e algumas vezes avisos ocultos dados por espíritos benévolos.

Materialização – Os senhores já tomaram ciência do que seja materialização para o ser humano e qual a importância que ela tem para o ser hominal. “O termo materialização é comumente usado como sinônimo de ectoplasmia. Este, aliás, é o menos empregado. Na linguagem comum, predomina o uso da palavra materialização. Se nos ativemos à maior rigor científico-terminológico, diremos que só existe materialização quando o fenômeno ectoplasmático resulta em tangibilidade ou solidificação das formas. Podemos citar como exemplo as conotações que estão inseridas no livro do ABC ao Infinito – Espiritismo Experimental do confrade José Náufel. “Seria exemplo a materialização do Espírito Kate King, detalhamente estudada pelo grande e notável cientista inglês Sir William Crocks, durante os anos de 1870 e 1873, com o concurso da jovem médium Florence Cook. Ele desceu a todos os detalhes possíveis, realizando minucioso exame desse Espírito materializado: mediu-lhe a altura, verificou-lhe uma mancha; contava suas pulsações, verificou-lhes a cútis, e contextura dos cabelos, chegando a corta-lhe uma mecha; ascultava-lhe o peito, tocava-a e chegou mesmo a abraçá-la.


André Luiz, por sua vez, descreve, no Livro Missionário da Luz (psicografado por Francisco de Paula Cândido Xavier e editado pela Federação espírita Brasileira) (FEB), no capítulo 10, sob o título de materialização. Continuando nas nossas investidas espirituais vamos falar sobre a ectoplasmia que seria o termo mais apropriado para designar o fenômeno no sentido genérico, ou para tipificar os casos em que as formas perispíriticas, tornadas visíveis, não tenham materializado tangibilidade, isto é, não se tenham materializado, no sentido de se terem tornadas sólidas. Isto pode acontecer, visto que fica a critério do desencarnado pelo seu livre-arbítrio, mas a materialização normalmente começa na forma intangível para tempo depois ficar na forma tangível, onde pode ser tocada e até abraçada como no caso do espírito Kate King que chegou a ser abraçado pelo Sir William Crocks.


Psicometria o que seria? A Psicometria é a faculdade que possuem certos médiuns sensitivos de, ao contato direto ou à simples presença de um determinado objeto, ou mesmo de um fragmento mineral, vegetal ou animal, apreender psiquicamente a história da própria peça em si, como matéria, ou a história do seu possuidor ou de pessoas que estiveram relacionados como esse objeto, reconstituindo os respectivos ambientes, os fatos, pensamentos e sensações por elas vivenciadas no passado e no presente e, muitas vezes, prenunciando acontecimentos futuros que lhes dizem respeito. É uma longa e cansativa definição, mas queremos dizer que apesar destas nuanças a mesma ainda se encontra incompleta, pois poderíamos ir mais fundo para um entendimento mais seguro e confortável. Neurose – crise psicológica devido a um estado de desunião com o próprio ser, ou mais formalmente, uma dissociação moderada da personalidade, proveniente de distúrbios da ansiedade. Devem-se pesquisar possíveis obsessões espirituais além dos fatores psicológicos evidenciados.


Noctâmbulo, noctambulismo palavras derivadas do latim nox, noctis = à noite, e ambulare= (andar, marchar, passear). Aquele que marcha ou passeia durante a noite, dormindo; sinônimo de sonâmbulo. Esta última palavra é preferível, visto que noctâmbulo - noctambulismo não traduz de nenhuma maneira a ideia de sono. Niilismo – uma palavra de sinonímia esquisita, pois se refere à crença no nada, descrença absoluta; doutrina filosófica segundo a qual nada existe de absoluto; doutrina que prega a ausência da verdade moral e da hierarquia de valores. É uma doutrina insensata e anti-social, pois, seguramente o niilismo rompe os verdadeiros laços de solidariedade e fraternidade, em que se fundam as relações sociais. Pela crença do nada, o homem concentra todos os seus pensamentos na vida atual, o que o faz materialista e egoísta, tendo por princípio a intenção de levar vantagem em tudo. Pelo aspecto apresentado, pelas nuanças, pelos detalhes, pelos princípios fundamentais e pela conotação final o niilismo veio se juntar ao arcabouço da lei do Gérson. “Gosto de levar vantagem em tudo. Certo! Errado estimado Gérson.


ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI-DA ALOMERCE E DA AOUVIR/CE

Nenhum comentário:

Antonio Paiva Rodrigues

Minha foto
Fortaleza, Ceará, Brazil
Este blog tem por finalidade divulgar o jornalismo pelo Brasil e no mundo. Bem como assuntos doutrinários e espirituais.