TOP BLOG

TOP BLOG
Espiritismo Redivivo

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

ACREDITAS NO ALÉM?

ACREDITAS NO ALÉM?

O que seria para você o além? Além é uma palavra com derivação latina ecce hinc, 'eis ali', é um advérbio que tem como sinonímia as palavras, lá, acolá, lá ao longe, longe, bem longe, mais adiante, mais à frente. O contrário de além é aquém. A palavra além cujo significado é mais conhecido como o que vem depois da morte; o outro mundo; a eternidade, o desconhecido, o além-mundo, o além-túmulo; a ultravida. O mais adiante seria naquele lugar, na parte de lá ou acolá, a grande distância, afora, a vida depois da morte é considerada como o outro mundo ou além. Muitos seres humanos que estiveram às portas da morte afirmam terem abandonado seus corpos e visitando outros mundos. Cientificamente esse fenômeno é conhecido como desdobramento, projeciologia, apometria, projeção astral entre outros. Estes fenômenos seriam provas de que existe vida após a morte ou são apenas as alucinações de um cérebro agonizante? Para os incrédulos, os céticos, os ateus, os materialistas com certeza seriam alucinações de um cérebro agonizante.

Queremos reafirmar que hoje já existem comunicações com o além, como acontecia antes de Cristo. Hoje os possuidores desse dom divino são considerados médiuns, isto é, intermediários entre a vida material e espiritual. Já na antiguidade o nome mediunidade não existia e quem tinha este dom era chamado de profeta. Moisés está profetizando, esta sentença nos dias atuais seria dita assim: Moisés está exercendo sua mediunidade. A mediunidade é inerente ao ser humano, todos as possuem, alguns possuem a mediunidade mais ostensiva, outros menos. Citamos aqui o caso de um senhor georgiano de nome Grigorievich Rodonaia que foi atropelado e dado como morto. Seu corpo foi levado para o necrotério onde ficou em uma câmara frigorífica à espera da autópsia. Esses detalhes acontecem com todas as pessoas que morrem em acidentes, em brigas ou outro tipo de morte que logo depois de periciado pela Polícia os corpos são levados ao IML (Instituto de Medicina Legal) para ser autopsiados.

Vejam como são os Desígnios de Deus: Grigorievich Rodonaia sofreu uma fratura craniana e uma lesão na coluna vertebral ao ser atropelado por um carro. Depois de ter passado três dias no necrotério, se recuperou sem sequelas. Ao se recuperar citado cidadão afirmou que enquanto estava “morto”, foi arrastado para um mundo de luz onde às leis cientificas não existiam. “Viajava ao redor do mundo, e através do tempo, via através das paredes e podia ler as mentes das pessoas”. Para os incrédulos, neófitos a Doutrina espírita explica muito bem. Como o Espírito tem o seu livre-arbítrio ele se desdobrou e fez uma viagem astral como diriam determinados estudiosos. As nuanças aqui citadas sobre a leitura das mentes também é possível, pois os espíritos se comunicam através do pensamento. Como ele estava numa condição de pré-morte o seu Perispírito dominava o perispirito de alguém que lá estava e conseguia captar ou ler as mentes de outras pessoas.

O Perispírito é um corpo semimaterial tão sutil que não conseguimos enxergar, mas ele vê tudo e pode materializar-se. “Durante suas “viagens” escutou o choro de um recém nascido em hospital próximo e percebeu que a criança tina a bacia fraturada, fato que os médicos desconheciam. Com uma percepção sensorial. O grande Salomão, Jesus Cristo, Maria sua mãe, Santo Antônio de Pádua (Fernando de Bulhões) se desdobrava com extrema facilidade. Este fenômeno que aconteceu a Rodonaia é conhecido cientificamente como Experiência Pós Morte (EPM). A situação meus senhores não é brincadeira, pois em pesquisa realizado nos Estados Unidos da América do Norte (EUA) pelos idos de 1992, revela que 13 milhões de seres humanos lá na América e em outros países acreditam terem passado ou experimentado alguma forma de EPM. O Dr. Bryan Weiss, psicólogo americano ao perder um filho de quatro anos de idade passou por uma depressão muito grande. Numa sessão de hipnose uma moça de nome Caroline que não conhecia o médico, em transe contou boa parte da vida do psicólogo e falou sobre a morte de seu filho.

Espantado pelas declarações o Dr. Bryan Weiss hoje é um dos adeptos da reencarnação. Para alguns estudiosos as EPM fazem parte de um conjunto de experiências parapsicológicas. Sem dúvida acontecem, mas o seu significado continua sendo motivo de debates. Essas afirmações são do Dr. Richard Broughton, parapsicólogo. É bom frisar que enquanto a parapsicologia ainda procura fios para confeccionar a meada, o Espiritismo já conseguiu fotografar espíritos materializados, sendo o mediu usado para tal fim, o cearense de Pacatuba Peixotinho, que usava o ectoplasma para tal fim. Já se consegue captar vozes do além, isso sem se contar com as psicografias, psicofonias, a escrita mecânica quando e espírito faz uso da mão do médium e a direta (pneumatografia) quando o próprio espírito escreve a mensagem. No cérebro agonizante a psicóloga Susan Blackmore afirma que muitos caos de EPM podem ser explicados pelos efeitos da anoxia (falta de oxigênio no sangue ou nos tecidos), que acaba por afetar o cérebro. Quando falha – o cérebro continua produzindo imagens do Mundo, que são oriundas da imaginação, e não dos sentidos. Imaginação na concepção escorreita da palavra quer dizer imaginatione.

Palavra de origem latina e a sua sinonímia básica é a faculdade que tem o espírito de representar imagens; fantasia. Faculdade de evocar imagens de objetos que já foram percebidos; imaginação reprodutora. Faculdade de formar imagens de objetos que não foram percebidos, ou de realizar novas combinações de imagens e faculdade de criar mediante a combinação de idéias. Está relacionada à coisa imaginada, criação, invenção, cisma fantasia, devaneio, crença fantástica; crendice; superstição. Já na literatura da arte refere-se à invenção ou criação construtiva, organizada (por oposição a fantasia, invenção arbitrária). Imaginação reprodutora. Será que Lázaro sentiu tudo isso tirando da sua imaginação se o mesmo estava em alto estado de letargia com a matéria já necrosando.


Foram atrás de Jesus e disseram Lázaro tinha morrido há três dias. Jesus disse Lázaro dorme. E ao chegar ao local do jazigo de Lázaro vendo todo alvoroço e a manifestação de carinho ele chorou. Mesmo com a descrença das irmãs ele disse: abram o túmulo, olhou para os Céus e disse Lázaro levanta e anda e Lázaro andou. Nas EPM não há uso e nem ingestão de drogas. Uma cura milagrosa. Em 1982, foi diagnosticado um câncer incurável em Mellen Thomas Benedict. Quando “morreu”, teve uma EPM que durou 90 minutos, com as típicas experiências de voltar á vida. Surpreendentemente o câncer “incurável” tinha desaparecido completamente e aqui indagamos à psicóloga Susan Blackmore se o desaparecimento do câncer foi produto da imaginação do doente? Só fazemos aqui um esclarecimento de que algumas pessoas em EPM dizem ter visto o inferno, mas esse inferno pode ser “imaginação”, pois inferno não existe. O nosso inferno está aqui mesmo no Orbe Terrestre. Uma indagação: será que os 13 milhões de pessoas que foram pesquisados e entraram no EPM todos estariam em estado de imaginação. Achamos que a psicóloga americana andava imaginando coisas para responder o que lhe foi perguntado. Pensem nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI-DA ALOMERCE E DA AOUVIRCE

2 comentários:

Maria José disse...

Se o Plano Espiritual não existisse; se não existisse a vida após a vida, para quê esta vida material, tão efêmera, passageira e cheia de tribulações? Ai de quem não acredita no Além. Ai de mim se não acreditasse no Além.
Belo texto. Parabéns. Grande abraço.

O ESPIRITISMO REDIVIVO disse...

MINHA QUERIDA AMIGA MARIA JOSÉ MUITO BOA A SUA AFIRMATIVA. AGRADEÇO DE CORAÇÃO. COMENTE A MATÉRIA QUE COLOQUEI HOJE VIVOS E REDIVIVOS. FIQUE COM DEUS. ABRAÇOS.

Antonio Paiva Rodrigues

Minha foto
Fortaleza, Ceará, Brazil
Este blog tem por finalidade divulgar o jornalismo pelo Brasil e no mundo. Bem como assuntos doutrinários e espirituais.